Tarifas de embarque serão reajustadas em outubro

A Infraero anunciou que as tarifas de embarque em vôos domésticos sofrerão reajuste de cerca de 70%, a partir do dia 1° de outubro próximo. Os valores são cobrados de acordo com a categoria do aeroporto utilizado. Segundo classificação do Departamento de Aviação Civil (DAC), são exemplos de aeroportos de primeira categoria os internacionais de São Paulo/Guarulhos, Rio de Janeiro/Galeão, Salgado Filho, em Porto Alegre e o de Brasília, que terão os valores alterados de R$ 11,55 para R$ 19,62. Entre os de segunda categoria estão os aeroportos de Viracopos, em Campinas, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, que passam de R$ 9,08 para R$ 15,42. Campo de Marte e Jacarepaguá são classificados como terceira categoria, onde os valores serão reajustados de R$ 6,83 para R$ 11,58 e Juazeiro do Norte, no Ceará, é de quarta categoria, onde as tarifas passam de R$ 4,73 para R$ 8,01.
As taxas de embarque são pagas pelo passageiro no momento da compra do bilhete de passagem. As companhias aéreas arrecadam o valor e repassam para a Infraero. Do total, 50% corresponde ao Ataero, Adicional de Tarifa Aeroportuária, do qual 58,5% é repassado ao Comando da Aeronáutica e 41,5% retornam a Infraero, sendo aplicados obrigatoriamente na expansão e modernização dos aeroportos. 08/09/05

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn