TAM participa de grupo para analisar produção de bioquerosene de aviação

  • Notícias
  • TAM participa de grupo para analisar produção de bioquerosene de aviação

A companhia aérea TAM em conjunto com as empresas Curcas e Brasil Ecodiesel formaram um grupo com o objetivo de analisar a viabilidade da implementação de um projeto integrado de produção sustentável de bioquerosene de aviação no Brasil, desde a produção agrícola e industrial até a distribuição, visando à substituição parcial e gradual do combustível fóssil pelo renovável. O grupo conta com a colaboração da Airbus e da Air BP, unidade de distribuição de combustíveis para aviação. A Curcas é uma empresa integradora especializada no desenvolvimento de projetos de energia renovável e a Brasil Ecodiesel é referência na produção de biocombustíveis no país. O projeto teve início em 2009, quando para assegurar a disponibilidade do biocombustível de aviação para o voo experimental realizado com uma aeronave Airbus A320, a TAM adquiriu sementes de produtores de pinhão manso do Norte, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e providenciou a sua transformação em óleo semirrefinado e exportou-o para os EUA, onde fez o processamento do óleo de pinhão manso em bioquerosene e sua mistura com o querosene convencional de aviação, na proporção de 50% cada. O projeto prevê a utilização de diversas fontes de matéria-prima, com destaque para o pinhão-manso oriundo de projetos de agricultura familiar e do agronegócio. A TAM destinou um espaço de 4,35 hectares de terra agricultável para cultivo experimental de pinhão-manso, com o objetivo de estudar as melhores práticas agrícolas e material genético, de forma a garantir a produção sustentável desta oleaginosa. O terreno ocupa menos de 1% da área total da fazenda onde está instalado o centro tecnológico da TAM em São Carlos/SP. Os estudos de sustentabilidade serão conduzidos pela Universidade de Yale, dos EUA e serão patrocinados pela Airbus. Foto: Marcelo Fouquet de Biasi 07/12/10

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn