Jato Phenom 100 conclui testes a baixa temperatura

O quarto jato Phenom 100 concluiu os testes a temperatura extremamente baixa, dando seqüência à campanha de maturidade da aeronave. O ensaio foi realizado em um laboratório climático em Eglin, base da Força Aérea dos Estados Unidos na Flórida. O objetivo é atestar a resistência e o funcionamento da aeronave e dos componentes em condições de frio extremo. Durante a primeira viagem aos Estados Unidos, o jato Phenom 100 permaneceu em uma câmera fria por mais de 12 horas, chegando à temperatura -40°C. Foram realizados testes de motor, sistemas, baterias, abertura e fechamento da porta e temperatura interna, entre outros. Todos os resultados foram positivos. A campanha de testes, além de atestar o funcionamento do avião em condições extremas, também serviu para fornecer informações valiosas para se ter procedimentos mais robustos e simplificados para operação em clima frio. Simultaneamente, a Embraer realiza a campanha de certificação com as três primeiras aeronaves do tipo. Até o momento, foram realizados testes de vibração, perda de sustentação (stall), qualidade de vôo, desempenho e controle de vôo automático (Automatic Flight Control System – AFCS) e de outros sistemas e características da aeronave. A certificação do Phenom 100 está prevista para o segundo semestre de 2008. 06/05/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn