Infraero inaugura novo Aeroporto de Maceió/AL

O novo Aeroporto Internacional de Maceió/Zumbi dos Palmares pode receber até 1,2 milhão de passageiros por ano, quase o dobro de sua antiga capacidade.
As operações ganharam agilidade com o aumento do número de balcões de check-in. As posições de atendimento passaram de 12 para 24 e podem chegar, no futuro, a 36 sem precisar de reformas estruturais. O aeroporto é todo adaptado para acessibilidade dos portadores de deficiência.
Maceió é o primeiro aeroporto do Brasil a contar com um sistema de cogeração de energia, que permite a utilização de uma energia ambientalmente limpa, a gás natural. No caso do Zumbi dos Palmares, a cogeração terá 780 kw de potência, o que atenderá a 95% da necessidade do aeroporto. A ampliação da pista de pouso e decolagem de 2.200 para 2.600 metros permite a operação de aviões do porte do Boeing 747. Foi construída uma nova pista de taxiamento com 2.400 metros que possui vias de ligação que permitem a liberação mais rápida da pista principal e conseqüentemente, possibilita um maior fluxo de aeronaves num menor espaço de tempo. A pista de táxi pode servir ainda, como alternativa de pouso para aviões do porte do Boeing 737-300. O pátio de aeronaves também foi ampliado e atualmente possui 17 posições de estacionamento para jatos de grande porte. A via de acesso ao aeroporto foi duplicada e a área para estacionamento de veículos ampliou a capacidade de 180 vagas para quase 600.
19/09/05

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn