Força Aérea Brasileira opta pelo CASA C-212-400

A Força Aérea Brasileira escolheu o EADS Casa C-212-400 no programação de substituição do C-95 Bandeirante. O contrato final para a compra de 50 aeronaves, orçado em 325 milhões de dólares deverá ser assinado em breve com a indústria espanhola. Ainda não foi definido o local para a produção dos aparelhos, que pode ser feita no Campo de Marte, em São Paulo, onde o Comando da Aeronáutica dispõe de uma ampla área, o Parque Material da Aeronáutica (PAMA). As entregas deverão ocorrer entre 2007 (quatro aeronaves) e 2015 (seis ou sete por ano), quando os Bandeirante começarão a ser aposentados. Outros dois modelos também concorriam diretamente no programa, o Let-410 e o PZ-Mielec M-28 Skytruck. 01/09/06

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn