Embraer anuncia perspectivas de longo prazo para aviação

  • Notícias
  • Embraer anuncia perspectivas de longo prazo para aviação

A Embraer anunciou sua estimativa da demanda mundial para jatos comerciais com capacidade de 30 a 120 assentos para os próximos 20 anos e para o mercado de aviação executiva para os próximos dez anos. A demanda do transporte aéreo mundial deverá crescer cerca de 5% ao ano de 2009 a 2028. A fabricante estima que a indústria de transporte aéreo reagirá positivamente, após o término do atual período de crise econômica e que no longo prazo a tendência de crescimento da demanda será mantida. A China será a maior responsável pelo crescimento nos próximos 20 anos, com uma taxa anual média superior a 7,5%, seguida pelas regiões da América Latina, Rússia e Comunidade dos Estados Independentes (CEI), ambas com 6% ao ano. A Ásia Pacífico e a África crescerão em torno de 5% e os mercados da Europa e América do Norte 4%. A Embraer prevê uma demanda global de 6.750 jatos nesse segmento em 20 anos, estimativa que gerará negócios da ordem de US$ 220 bilhões em vendas de aeronaves novas. Desse total, 2.950 jatos deverão ser entregues entre 2009 e 2018 e os restantes 3.800 entre 2019 e 2028. A Embraer também estima uma demanda mundial de 11.880 jatos executivos nos próximos dez anos, número que poderá gerar negócios de cerca de US$ 204 bilhões em entregas de novas aeronaves. O novo mercado de táxi aéreo e fretamento de aeronaves de marca única poderão adicionar mais 1.800 a 2.800 aviões aos segmentos de jatos personal e entry level no mesmo período. Desde 2006, a indústria tem registrado consecutivos recordes de entregas, baseado principalmente na demanda crescente de mercados fora dos Estados Unidos, mas estima-se uma desaceleração nas entregas em 2009, com um ajuste para o período 2009-2012.  O estudo completo sobre o tema estará disponível em janeiro de 2009 no site www.embraer.com/outlook . 10/11/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn