Boeing aposta no segmento de carga aérea

Nos anos de 2005, 2006 e 2007, o fabricante americano registrou encomendas de 74, 81 e 83 jatos da nova safra de cargueiros, totalizando um inédito resultado de 238 aviões, o que representa cerca de 14% do valor das encomendas de jatos comerciais da Boeing durante aquele período. Depois de cumprir os testes experimentais para o vôo e tiver 90% de seu design apresentado até o meio do ano, a produção do 747-8F terá início no final de 2008 e com o seu rollout, primeiro vôo, certificação e primeira entrega à Cargolux de Luxemburgo, no início de 2009. Além das atividades do 777F e 747-8F, os planos deste ano para os cargueiros da Boeing incluem o lançamento do primeiro 767-300F para a ANA. Estes novos produtos, além da produção do já existente 767-300, da frota atual de 747 cargueiros com mais de 300 aviões em todo o mundo e do bem sucedido programa do 747-400 convertido, posicionam a Boeing como líder no segmento de carga aérea. Os cargueiros da Boeing representam mais de 90% da capacidade de carga mundial, onde a família 747F responde por mais da metade desta capacidade. 21/02/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn