Área de escape na cabeceira 35 de Congonhas é finalizada

O Governo Federal através da Infraero concluiu as obras de implantação do sistema EMAS na cabeceira 35L da pista principal do aeroporto. Iniciada em maio de 2021, a primeira etapa de instalação do sistema EMAS em Congonhas foi concluída em março último, com dois meses de antecedência, na cabeceira 17R. O sistema já pode ser usado em caso de emergência e consiste em novas áreas de escape com blocos de concreto que se deformam quando uma aeronave ultrapassa o limite final da pista, aumentando a segurança para pousos e decolagens no local.

A Foram investidos R$ 122,5 milhões de recursos públicos oriundos do Fnac para implantar o sistema, que possui uma área de escape de 72m x 47,4m de dimensão na cabeceira 17R e de 64m x 47,4m na cabeceira 35L. Ambas as estruturas são sustentadas por vigas e pilares capazes de suportar aeronaves e veículos usados na rotina do aeroporto. Completam o projeto obras nas pistas de taxiamento nas regiões próximas aos EMAS.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn