Airbus pretende entregar mais de 700 aeronaves em 2022

A Airbus pretende entregar cerca de 720 aeronaves comerciais ao longo deste ano, acima dos 611 entregues em 2021. O desempenho de entregas permitiu que a empresa atingisse um EBIT ajustado para o ano inteiro de € 3,57 bilhões (US$ 4,05 bilhões) para sua divisão de aeronaves comerciais, com receita de € 36,1 bilhões. A Airbus acrescenta que isso foi apoiado pela “contenção de custos e competitividade”. O número é uma forte melhoria em relação aos 618 milhões de euros alcançados em 2020, já que o fabricante lidou com o início da pandemia.

A Airbus diz que continua no caminho certo, apesar de um “ambiente complexo”, para aumentar a produção da família A320neo para 65 aeronaves por mês até o verão de 2023 e “reduzir o risco” de suas linhas de produção, garantindo que todas elas possam produzir os maiores aviões da família – e cada vez mais popular – A321neo. “Para as taxas de produção da família A320 além de 2023, a empresa ainda está em fase de avaliação e trabalhando com fornecedores para potencialmente permitir um aumento acima da taxa 65”, acrescenta.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn