Tráfego aéreo de passageiros no Chile registrou queda acentuada em novembro

Foram 2.018.739 viajantes transportados em voos domésticos e internacionais, queda de 8,6% em relação ao mesmo mês do ano passado

Com um declínio de 8,6% em relação a novembro de 2018, o tráfego aéreo de passageiros no Chile registrou o segundo mês de queda significativa após a crise político-social que o país vive desde meados de outubro. Segundo o Conselho Aeronáutico Civil (JAC), em novembro um total de 2.018.739 viajantes foram transportados em voos domésticos e internacionais. No acumulado de janeiro a novembro, as companhias aéreas que operam no Chile já transportaram 23.815.478 passageiros, ainda apresentando uma tendência de crescimento de 7,1%. Em novembro, a LATAM registrou uma participação de 59,1%, seguida pela SKY Airline com 26,6% e pela JetSMART com 13,3%, além da Aerovías DAP com 0,7% e da ONE Airlines com 0,2%. Mais informações no portal www.desdescl.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn