Projeto da Airbus melhora performance ambiental de aeronaves comerciais

Programa pretende demonstrar a viabilidade técnica e operacional de dois aviões voando juntos em operações de longa duração

A fabricante europeia Airbus revelou o programa fello´fly, seu mais novo projeto demonstrador inspirado em biomimética (desenvolvimento e produção de materiais, estruturas e sistemas inspirados na natureza), que deve melhorar a performance ambiental de aeronaves comerciais e impactar significativamente a redução de emissões na indústria da aviação. O projeto pretende demonstrar a viabilidade técnica, operacional e comercial de duas aeronaves voando juntas em voos de longa duração. Por meio do programa, uma aeronave atrás irá receber a energia perdida no rastro do avião na frente, voando na corrente de ar criada. Isso dá um impulso à aeronave traseira e permite que ela diminua a tração do motor, assim reduzindo o consumo de combustível em 5 a 10% por viagem. A solução técnica na qual a Airbus está trabalhando envolve funções de assistência a pilotos, necessárias para garantir que os jatos que eles estejam pilotando se mantenham com segurança na corrente de ar criada pela aeronave que eles estão seguindo, mantendo a mesma distância e uma altitude estável. No que diz respeito à solução operacional, a fabricante está trabalhando em colaboração com outras companhias aéreas e empresas de controle de tráfego aéreo para identificar as necessidades operacionais e as possíveis soluções para planejar e executar as operações do sistema. A Airbus deve iniciar testes de voos com dois jatos A350 em 2020. Em razão de um alto potencial para um impacto ambiental positivo na indústria, a empresa tem uma linha do tempo ambiciosa para uma entrada em serviço controlada, que é esperada para antes da metade da próxima década. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn