Mercado aéreo de cargas registra retração em janeiro

Demanda recuou 1,8% e foi o pior desempenho do segmento nos últimos três anos de acordo com a IATA

A Associação Internacional de Transporte Aéreo divulgou dados para os mercados globais de frete aéreo mostrando que a demanda recuou 1,8% em janeiro, em relação ao mesmo período de 2018. Esse foi o pior desempenho do segmento nos últimos três anos. A capacidade aumentou 4,0% em janeiro de 2019. Este foi o décimo primeiro mês consecutivo em que o crescimento da capacidade superou o aumento da demanda. O setor continua a enfrentar obstáculos significativos, já que a atividade econômica global e a confiança do consumidor enfraqueceram. A demanda de frete das companhias aéreas latino-americanas ficou estável em janeiro de 2019. Apesar da incerteza econômica na região, vários mercados importantes estão apresentando um forte desempenho. O tráfego entre as Américas do Sul e Central cresceu a uma taxa de dois dígitos no período e a demanda nas rotas entre a América do Norte e a do Sul também teve bom desempenho. A capacidade diminuiu em 0,7%. Mais informações no portal www.iata.org. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn