Como os passageiros cegos recebem as instruções de segurança de voo?

A KLM fornece aos seus viajantes deficientes ou com baixa visão instruções especiais e folheto de segurança escrito em braile

Companhias aéreas têm como uma de suas principais regras dar instruções que otimizam a segurança de voo. Nenhuma operação comercial pode partir sem antes exibir um vídeo com informações importantes sobre segurança, seja via entretenimento de bordo seja com uma demonstração física. Mesmo que isso signifique um atraso na partida. A segurança é sempre a prioridade. Mas, como os passageiros cegos recebem essas instruções? Os demais ocupantes podem simplesmente assistir a um vídeo de segurança, mas e se fechassem os olhos por um momento e tivessem que imaginar que nunca estiveram a bordo de uma aeronave e não tem um conceito real do tamanho dela nem do interior da cabine? Agora imagine que você está no seu lugar e ouve alarmes disparados e máscaras de oxigênio caindo. As pessoas estão começando a ficar inquietas na cabine. Qual é a primeira coisa que você faria? A transportadora KLM pensou em tudo isso e fornece instruções especiais para os passageiros cegos ou com baixa debilitada. Todas as aeronaves da empresa têm instruções de segurança em braile para passageiros holandeses e falantes de inglês. Se um viajante não conseguir ler braile, recebe uma explicação verbal. A equipe também pode usar kit de demonstração para permitir que os passageiros se familiarizem com a máscara de oxigênio e o colete salva-vidas pelo toque. Outro detalhe importante é que a bordo do modelo Boeing 787 Dreamliner, as telas podem ser configuradas para que o passageiro só tenha que pressionar o lado direito da tela para ativar o botão de chamada do atendente. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn