ATR atinge importante marco na certificação chinesa

Autorização para as operações é esperada para este ano permitindo o início das entregas

Como parte da validação do processo de certificação do ATR 42-600 na China, um protótipo da fabricante decolou para avaliações no Aeroporto Francazal, em Toulouse. A operação realizada no último dia 3 de julho, é um passo importante para a validação da certificação de tipo no país asiático prevista para este ano, permitindo o início das entregas. O teste de três horas foi realizado em cooperação com as autoridades de aeronavegabilidade chinesas e europeias. A China pretende expandir sua conectividade, com aeronaves regionais com menos de 100 lugares representando apenas 2,5% da frota geral, em comparação com uma média mundial de 25%. Em 2019, o país possuía 238 aeroportos, embora 83% do tráfego se concentre em apenas 39 aeroportos, cada um com mais de 10 milhões de passageiros por ano. Por outro lado, 164 terminais regionais, responsáveis ​​por 7% do tráfego total de passageiros, se beneficiariam de conexões mais rápidas e confiáveis. Dadas as distâncias envolvidas, é necessário um avião versátil para operar essas rotas. Um ATR 42-600 em uma configuração de aviação geral de 30 lugares seria uma solução para fornecer essa conectividade essencial e aumentar a economia local.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn