Antonov An-225 volta a realizar fretamentos

A Antonov Company, anunciou que a Antonov Airlines, divisão especializada em carga aérea internacional, realizou o transporte de 100 toneladas de testes de Covid entre as cidades de Tianjin, na China, e Linz na Áustria, com o maior cargueiro atualmente em operação, o AN-225 Mrya. Semanas atrás, a mesma empresa anunciou a volta das atividades do Mrya, que estava em processo de manutenção na Ucrânia.

Durante a pandemia, o AN-225 foi contratado para transportar suprimentos médicos em volumes inigualáveis, tendo registrado  mais de 1.300 toneladas de carga médica e humanitária somente em 2020.

Com apenas um exemplar em operação desde 1988, o An-225 mede 84 metros de comprimento por 88 de envergadura. O peso vazio da aeronave de 18 metros de altura é de 285.000 kg e o máximo de decolagem de 640.000 kg (1.410.949 lb). É impulsionado por seis motores Progress D-18T, pode voar a 850 km/h (450 nós) e atinge nível máximo de voo de 36 mil pés. O alcance pode variar bastante de acordo com cada missão e peso da aeronave, mas pode voar com tanques cheios, cerca de 15.400 km (8.300 milhas náuticas). Já com 200 toneladas de carga embarcada, o alcance cai para 4 mil km (2.500 milhas náuticas).  No Brasil, a aeronave foi vista duas vezes realizando o fretamento de carga aérea.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn