FAB participa de exercício de busca e salvamento no Canadá

Militar do Esquadrão Pelicano acompanhou o treinamento como observador

A Força Aérea Brasileira participou pela segunda vez do exercício anual de busca e salvamento realizado pela Real Força Aérea Canadense (SAREX 2016). O treinamento envolveu nove esquadrões canadenses especializados e reuniu cerca de 200 participantes. O país da América do Norte é considerado uma referência mundial na área. O Major Leonardo Machado Guimarães, Chefe de Operações do Esquadrão Pelicano, foi um dos 12 militares estrangeiros que acompanharam o treinamento realizado em Yellowknife, capital dos Territórios do Noroeste. Além do Brasil, participaram como observadores representantes da Noruega, México e Chile. Ao longo de uma semana, o exercício incluiu atividades de buscas aéreas e terrestres, respostas médicas, saltos de precisão de paraquedistas, além de resgates na terra e no mar. Segundo o oficial, o sistema brasileiro difere do canadense em alguns aspectos. A guarda costeira atua somente com meios navais. Os esquadrões da força aérea exercem exclusivamente o cumprimento de missões SAR. “Eles não recebem treinamento para atuarem em combate, ou fazer outro tipo de missões. Isto permite a eles manter com mais facilidade seu adestramento”, relata. Outro aspecto que diferencia os sistemas entre os dois países envolve o equipamento usado para cumprir a missão. “O Canadá, com uma área territorial ligeiramente maior que a do Brasil, possui equipamento de ponta para suas missões”, explica sobre o uso de aviões como o C-130 e o Casa 212 e os helicópteros H-101 e Bell 412. O Brasil substituirá as aeronaves usadas pelo Esquadrão Pelicano, única unidade da FAB especializada na busca e salvamento. Em 2017, deve receber o primeiro S-105 Amazonas com a configuração SAR, o que inclui o FLIR – sistema de imageamento infravermelho. Os helicópteros também deverão ser substituídos. Mais informações no portal www.fab.mil.br Foto: Pat Blanchard

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn