FAB anuncia assinatura de contrato para locação de Boeing 767-300ER

Acordo no valor de quase US$ 20 milhões tem duração de três anos

O Comando da Aeronáutica confirmou a assinatura do contrato de locação de uma aeronave Boeing 767-300ER. A empresa vencedora da licitação foi a Colt Transporte S.A. O acordo, no valor US$ 19,777 milhões, tem duração de três anos, prorrogável por mais um e inclui a manutenção e o seguro da aeronave. A estimativa é de que a aeronave chegue ao Brasil em julho e será operada pelo Esquadrão Corsário, sediado no Rio de Janeiro. O processo de licitação foi iniciado em abril e realizado pela Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB) em conjunto com o Centro Logístico da Aeronáutica (CELOG) e a Comissão Aeronáutica Brasileira (CABW) nos Estados Unidos. O Boeing 767-300ER permitirá à FAB cumprir, com mais eficiência, as diversas atividades determinadas pelo Ministério da Defesa, tais como a troca do contingente militar brasileiro que atua nas missões de paz no Haiti e no Líbano, o eventual transporte de delegações e contingentes militares nos Jogos Olímpicos Rio 2016, resgate de nacionais em áreas de conflito, atividades científicas e humanitárias, além de outras missões que exijam o apoio das Forças Armadas. O modelo tem capacidade para 254 passageiros e 43,8 toneladas de carga. Com custo de manutenção mais baixo que o C-130 Hércules, o 767 pode voar de Tóquio a Brasília com apenas uma escala. A aeronave vai substituir os KC-137 desativados em junho de 2013, após 27 anos de operação na FAB. Mais informações no portal www.fab.mil.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn