Aeronave T-27 Tucano completa 30 anos de operação na FAB

Modelo substituiu o avião de treinamento CessnaT-37

Vista por multidões nos céus do Brasil com a Esquadrilha da Fumaça, a aeronave T-27 Tucano está completando três décadas voando na Força Aérea Brasileira. Desenvolvida pela Embraer em conjunto com a FAB, possui tecnologia da indústria nacional. O avião foi responsável pela formação de todos os aviadores que passaram pela Academia da Força Aérea (AFA), desde sua chegada em 1983, em Pirassununga/SP. O modelo surgiu da necessidade da FAB de substituir a antiga aeronave de treinamento T-37, que seria descontinuada pela fabricante Cessna. Nascia assim uma máquina com desempenho notório, reconhecido internacionalmente. As inúmeras características do T-27 fizeram com que o avião fosse exportado para países como Argentina, Colômbia, Venezuela, Peru, Paraguai, Honduras, Irã. No Reino Unido, foi escolhido para se tornar aeronave de treinamento básico, licenciado e produzido localmente. Atualmente, está em curso a modernização de sua aviônica, permitindo a atualização da aeronave, tendo ainda mais de uma década de vida útil na instrução de novos pilotos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn