Crescimento da aviação executiva faz surgirem os FBOs no Brasil

Projetos visam atender tripulantes e passageiros, além de oferecer serviços para aeronaves

Os primeiros operadores de base fixa (FBO) do Brasil estão começando a surgir agora, mas este é um mercado que não para de crescer. Empresas brasileiras e estrangeiras estão de olho neste segmento, já que o país tem a segunda maior frota de aviação geral do mundo, a maior de helicópteros e vive um momento com economia em expansão e um calendário de grandes eventos esportivos para os próximos anos. Um FBO oferece aos pilotos e passageiros todo o suporte em terra, a autorização para pouso, hangaragem, o traslado para hotel ou outro lugar e cuida ainda da manutenção da aeronave em solo, abastecimento, limpeza, catering etc. Para isso, conta com espaços distintos para passageiros e pilotos, pois estes últimos costumam ficar por mais horas no mesmo lugar e precisam de uma boa estrutura de descanso e de comunicação com o mundo. É um FBO quem recomenda o melhor aeroporto para o pouso de uma aeronave vinda do exterior, orienta a respeito das regras de imigração e dos serviços disponíveis. Para conhecer mais sobre este tipo de projeto e atividade, acesse o portal www.maiaarquitetura.com.br .
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn