Qantas opta por renovar a frota com aeronaves fabricadas pela Airbus

O Grupo Qantas da Austrália confirmou a encomenda junto a Airbus de 12 aeronaves A350-1000s, 20 A220s e 20 A321XLRs. A notícia foi anunciada em uma cerimônia em Sydney com a presença do CEO do Grupo Qantas, Alan Joyce, e do Diretor Comercial da Airbus e Chefe da Airbus International, Christian Scherer. O A350-1000 foi selecionado pela Qantas após uma avaliação conhecida como Project Sunrise e permitirá à transportadora operar os voos comerciais mais longos do mundo. Isso incluirá ligar Sydney e Melbourne com destinos como Londres e Nova York sem escalas pela primeira vez. Com layout premium, a frota A350 também será utilizada pela Qantas em outros serviços internacionais.

O A350-1000 é equipado com motores Trent XWB de última geração da Rolls-Royce. Na categoria de corredor único, o A220 e o A321XLR foram escolhidos em uma avaliação chamada Projeto Winton. A aeronave será utilizada pelo Grupo Qantas em serviços domésticos em todo o país, que podem se estender por mais de cinco horas. Além disso, o A321XLR oferece capacidade de alcance para voos da Austrália ao Sudeste Asiático, permitindo que o Grupo Qantas abra novas rotas diretas. As frotas A220 e A321XLR serão equipadas com motores Pratt & Whitney GTF. Este acordo é um complemento ao pedido existente de 109 aeronaves da Família A320neo, que inclui o A321XLR para a subsidiária de baixo custo do Grupo Qantas, Jetstar.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn