Novo procedimento de chegada garante mais segurança em Joinvílle

Pouso pela cabeceira 15 já está homologado para utilização do RNAV

As aeronaves que pousarem na cabeceira número 15 do Aeroporto de Joinville/Lauro Carneiro de Loyola/SC já podem utilizar um novo procedimento de pouso, conhecido como RNAV. Antes, a cabeceira tinha apenas um procedimento, chamado RNP-AR, para operações de pouso diurno e noturno, em condições meteorológicas adversas. Como as companhias aéreas ainda não têm a homologação para o pouso utilizando o procedimento RNP, todas as aeronaves operando à noite, em condições adversas, utilizavam a cabeceira 33. O novo procedimento vai facilitar o sequenciamento das aeronaves e diminuir o número de arremetidas e de voos alternados por vento de cauda. Originalmente definido na década de 1960, nos Estados Unidos, o termo RNAV significava Random Navigation, termo esse que foi redefinido para Area Navigation, baseado no Sistema de Navegação por Satélite (GNSS), com o desenvolvimento de rotas e procedimentos compatíveis com a utilização de novas tecnologias a bordo das aeronaves. Dessa forma, o Cindacta 2 elaborou um procedimento para a pista 15 do Aeroporto de Joinville, o qual foi testado e aprovado pelo Decea. Mais informações pelo no portal www.infraero.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn