Governo Federal terá que indenizar a Varig

Processo foi movido em razão do congelamento das passagens entre 1985 e 1992

O Supremo Tribunal Federal decidiu que a União deve pagar uma indenização bilionária à massa falida da companhia aérea Varig, em razão do congelamento de preços das passagens aéreas, imposto pelo governo para conter a inflação no período de 1985 a 1992 e que causou prejuízos a empresa. O valor pode passar de R$ 3,05 bilhões. O resultado do julgamento era aguardado por aposentados e pensionistas do fundo de pensão Aerus, que esperam receber dívidas trabalhistas e previdenciárias. Os valores exatos da indenização ainda são discutidos. A Varig alega que o congelamento de preços dilapidou o seu patrimônio e pede indenização de cerca de R$ 6 bilhões. Para o Aerus, a indenização em valores atualizados pode chegar a R$ 7,2 bilhões.
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn