Emirates divulga desempenho semestral com lucro de US$ 320 milhões

Posição de caixa em 30 de setembro de 2019 foi de US$ 6,3 bilhões

O Grupo Emirates anunciou os resultados semestrais para o ano financeiro de 2019/20, onde a receita foi de AED 53,3 bilhões (US$ 14,5 bilhões) nos primeiros seis meses, uma queda de 2% em relação a AED 54,4 bilhões (US$ 14,8 bilhões) registrados durante o mesmo período do ano passado. Esse ligeiro declínio da receita deveu-se principalmente às reduções de capacidade planejadas durante o fechamento de 45 dias de uma das pistas no Aeroporto de Dubai e a movimentos desfavoráveis ​​de moedas na Europa, Austrália, África do Sul, Índia e Paquistão. A lucratividade aumentou 8% em relação ao mesmo período do ano passado, com o grupo registrando um lucro líquido de AED 1,2 bilhão (US$ 320 milhões). A melhoria deveu-se principalmente ao declínio nos preços de combustíveis em 9%. A posição de caixa em 30 de setembro de 2019 foi de AED 23,0 bilhões (US$ 6,3 bilhões), em comparação com AED 22,2 bilhões (US$ 6,0 bilhões) em 31 de março 2019. Durante os primeiros seis meses do ano fiscal, a Emirates recebeu três aeronaves Airbus A380, com mais três programadas para serem entregues antes do final do ano financeiro. Também retirou seis jatos mais antigos da frota, com outros dois a serem devolvidos até 31 de março de 2020. A estratégia de longa data da companhia aérea de investir nas aeronaves de corpo largo permite melhorar a eficiência geral, minimizar a pegada de emissões e fornecer experiências de alta qualidade ao viajante.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn