Embraer celebra 10 anos das primeiras entregas de E-Jets

Companhia polonesa LOT realizou o primeiro voo comercial do modelo

A fabricante brasileira Embraer celebra neste mês de março os dez anos das primeiras entregas da família de E-Jets. Os aviões Embraer 170 foram entregues para as companhias aéreas LOT Polish Airlines e US Airways, cliente-lançador do jato nos Estados Unidos. Coube à empresa aérea polonesa, no entanto, ser a primeira a operar o modelo em um voo regular, realizado no dia 17 de março de 2004 entre as cidades de Varsóvia, na Polônia, e Viena, na Áustria. A Embraer é a única fabricante a ter desenvolvido uma família de quatro modernos aviões especificamente para o segmento de 70 a 130 assentos. Desde o lançamento formal do programa, em 1999, os E-Jets redefiniram o conceito tradicional de aeronaves regionais ao operarem em outros tipos de mercados. Atualmente, os E-Jets voam com empresas aéreas tradicionais, de baixo custo e regionais, além de serviços programados de turismo. Em setembro de 2013, a empresa entregou o 1000º jato produzido da família de aviões. A aeronave, um jato Embraer 175, foi entregue à Republic Airlines, subsidiária da Republic Airways Holdings Inc. No mesmo ano, a frota de E-Jets ultrapassou a marca de 10 milhões de horas voadas, transportando cerca de 540 milhões de passageiros. Os E-Jets detêm atualmente 50% de participação de mercado em encomendas e 62% das entregas no segmento de jatos de 70 a 130 assentos. Atualmente, os aparelhos operam com 65 empresas aéreas em 45 países. Em junho de 2013, a Embraer lançou a segunda geração da família, os E-Jets E2, que deverão entrar em serviço em 2018.
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn