Delta instala iluminação antimicrobiana para melhor proteger os banheiros dos aviões

A mais nova medida de proteção garante maior limpeza e a saúde dos viajantes.

A Delta está acrescentando um nível de proteção antimicrobiana aos banheiros dos aviões para aprimorar a limpeza desses espaços: uma iluminação LED, que protegerá ainda mais os clientes durante a pandemia de COVID-19 e depois dela.  Por meio de uma parceria anunciada pela primeira vez em janeiro deste ano, durante a CES (maior feira de tecnologia do mundo, cuja edição 2020 foi realizada em Las Vegas), a companhia está iniciando a instalação da iluminação LED antimicrobiana Vyv (pronuncia-se “vaive”, sistema anteriormente conhecido como Vital Vio) acima da pia e da bancada dos banheiros dos aviões, áreas consideradas de alto toque a bordo. A luz reduz continuamente o crescimento de bactérias nesses espaços. As luzes LED antimicrobianas, quando combinadas com pulverização eletrostática e limpeza frequente, ajudam a melhorar a higiene e a eliminar germes em banheiros. A bordo, os tripulantes também usam kits que incluem spray e lenços desinfetantes, bem como luvas, para garantir que a desinfecção completa realizada antes do embarque permaneça durante todo o voo. “A inovação é um ponto central em tudo o que fazemos na Delta. Nossa parceria com a Vyv mostra como adaptamos a visão que apresentamos na CES para reforçar nosso compromisso com a saúde e a segurança dos passageiros”, disse o diretor executivo de Experiência do Cliente, Bill Lentsch. “Essa tecnologia é uma das muitas medidas que colocamos em prática e que, funcionando em conjunto com as outras, mantém os viajantes seguros. Para a Delta, não há objetivo mais importante quando uma inovação é aplicada”. Vyv é uma lâmpada LED de espectro visível (não UV) que fornece uma iluminação de alta qualidade mortal para as bactérias e é ideal para o uso contínuo próximo de pessoas e animais. Os clientes viajarão em aviões equipados com Vyv a partir da metade de novembro, começando pela frota de 757-200. Após a instalação nessas aeronaves, a empresa aérea planeja realizar mais testes em 2021, com a esperança de expandir o sistema no futuro.
 
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn