Delta inicia voos comerciais com Airbus A321neo

A Delta inaugurou dia atrás seu primeiro voo comercial com uma aeronave A321neo, modelo este  adicionado à frota da empresa recentemente, a qual decolou do Aeroporto Internacional Logan, em Boston, com destino ao Aeroporto Internacional de São Francisco. No primeiro voo os clientes desfrutaram de uma experiência de cabine aprimorada – incluindo assentos First Class domésticos, que são referência do setor – e viajaram com a certeza de que sua rota foi realizada com mais eficiência em termos de combustível, já que, equipado com motores Pratt & Whitney GTF™, o A321neo da Delta é 20% mais eficiente quanto ao consumo de combustível em relação aos atuais A321ceos da aérea.

“O produto A321neo da Delta proporcionará uma experiência de viagem de nível superior para nossos clientes em Boston e nos Estados Unidos como um todo”, disse o vice-presidente sênior de Frota e Cadeia de Suprimentos de Operações Técnicas, Mahendra Nair. “A introdução dessa aeronave de última geração e mais eficiente em termos de combustível em nossa frota também é um compromisso importante que integra o Flight to Net Zero, nosso programa para descarbonizar a aviação”, complementou Nair.

Os A321neos da Delta acomodam 194 passageiros – 20 na First Class, 42 na Delta Comfort+ e 132 na Main Cabin ­– e a configuração da cabine foi pensada para ser mais confortável. Isso inclui um novo design para os assentos domésticos da First Class, que oferecem maior espaço e privacidade, uma mesa retrátil mais robusta e mais espaço de armazenamento para itens pessoais. E todas as cabines contam com almofadas de assento do tipo memory-foam, bem como wi-fi de alta velocidade disponível para compra e tomada para recarregamento de dispositivos pessoais.

Além de São Francisco, San Diego (SAN) e Denver (DEN) receberão, a partir de 11 de julho, voos desde Boston realizados com o A321neo. A partir de 20 de julho, algumas viagens entre Boston e Seattle (SEA) também ocorrerão a bordo do avião. O novo modelo será implantado principalmente na extensa rede doméstica da Delta, complementando a frota de Airbus A321ceo, que totaliza mais de 125 aeronaves. A companhia tem compromissos de compra para um total de 155 A321neos e está programada para receber essas aeronaves até 2027, muitas produzidas nas instalações da Airbus em Mobile, no Estado norte-americano do Alabama.

A Delta agora tem 233 novos compromissos de compra de aeronaves, incluindo jatos widebody (fuselagem larga) e narrowbody (fuselagem estreita), reforçando os objetivos estratégicos para aumentar tanto a simplificação operacional como a produtividade da frota da frota.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn