Congonhas realiza simulado de remoção de vítimas de acidente

Objetivo da ação foi avaliar a eficiência e os tempos de resgate conforme o estabelecido pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC)

A Infraero anunciou que o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, realizou recentemente um exercício de remoção de vítimas de acidente com aeronave. O objetivo da ação foi avaliar a eficiência e os tempos de resgate e socorro às vítimas, conforme o estabelecido pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC). O evento simulou o socorro após acidente de aeronave que teria saído da pista e colidido com um hangar após uma pane no trem de pouso. Na simulação, havia três tripulantes e dois mecânicos do hangar com ferimentos em diferentes níveis de gravidade, havendo também contaminação das vítimas pelo vazamento de combustível. Para o exercício, foram mobilizadas cerca de 20 viaturas do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar – incluindo um Posto de Comando Móvel, 13 veículos operacionais e outros de apoio, chuveiro e tenda de descontaminação – vindas de quatro postos próximos a Congonhas. Participaram ao todo cerca de 50 bombeiros, além de duas equipes do Posto de Atendimento Pré-Hospitalar (PAPH) do terminal paulistano, que participaram com duas ambulâncias – uma de suporte avançado, com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outra de suporte básico, além de equipes do Hospital Artur Ribeiro de Saboya.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn