Boeing finaliza o primeiro jato 737 na maior taxa de produção

Desde 2010 o ritmo de produção do modelo aumentou 33%

A  fabricante norte-americana Boeing anunciou que o primeiro 737 produzido no aumento da taxa de 42 aviões por mês rolou para fora da fábrica em Renton, Washington. O 737-800 em breve será entregue à Air Berlin e posteriomente arrendado a Transavia France. O avião agora passará por testes funcionais, de sistemas e voo ao longo das próximas três semanas antes de ser entregue. A demanda do mercado continua forte para o modelo. Desde 2010, a produção aumentou cerca de 33% e a taxa está programada para subir para 47 aviões por mês até 2017.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn