Azul anuncia o subarrendamento de 53 jatos Embraer E195

Transação acelera a transformação de frota da companhia para aeronaves de nova geração mais eficientes

A companhia aérea Azul anunciou que espera subarrendar 53 aeronaves Embraer E195 para a transportadora polonesa LOT e para a Breeze Aviation, uma empresa aérea start-up com sede nos EUA. Essa transação segue a estratégia da Azul de acelerar a sua transformação da frota, a partir da substituição das aeronaves do tipo pelos E195-E2 maiores e de nova geração, que são mais eficientes no consumo de combustível, devido à nova tecnologia do motor. A Azul e a LOT assinaram uma carta de intenção para subarrendar 18 aeronaves com pedidos firmes e até 14 opções adicionais. A empresa já adquiriu sete aviões Embraer E195 em anos anteriores. Adicionalmente, espera-se que a Breeze subarrende até 28 aeronaves, transação essa sujeita à aprovação dos acionistas da Azul conforme determinado pelo estatuto social da companhia. Dessa forma, espera-se que todos os aviões dessa versão anterior sejam removidos da frota até o final de 2022 e que sejam subarrendados até o final do prazo original do arrendamento operacional. Considerando que o prazo remanescente do contrato de locação é de 4,7 anos, a empresa acredita que a aceleração da troca irá gerar um fluxo de caixa operacional incremental de aproximadamente R$ 2,9 bilhões entre 2020 e 2027. Especificamente, a Azul espera que o melhor desempenho dos E195-E2, combinado com a receita de subarrendamento, mais do que compensarão o custo incremental de acelerar a substituição de todos os Embraer E195 até 2022. Adicionalmente, a substituição deve gerar R$ 4,8 bilhões de EBITDA incremental entre 2020 e 2027, ou aproximadamente R$ 16 milhões por aeronave substituída, em uma base anualizada. Devido à diferença entre o valor contábil dos arrendamentos atuais dos Embraer E195 e o valor recuperável estimado, a companhia espera reconhecer uma baixa não-caixa de até US$ 750 milhões, que será refletido no resultado do quarto trimestre. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn