Avianca realiza voo histórico para a China com Boeing 787-8 Dreamliner

Operação permitiu que cerca de 250 pessoas retornassem para suas casas na Colômbia e na China

Como parte do compromisso da companhia aérea colombiana Avianca de continuar conectando as pessoas que ainda estão longe de suas casas devido ao fechamento das fronteiras, no último dia 31 de julho, um voo especial de passageiros decolou pela primeira vez em 100 anos para Xangai, o que permitiu que cerca de 250 pessoas retornassem para suas casas na Colômbia e na China. A operação histórica feita com o modelo Boeing 787-8 Dreamliner teve paradas em Guadalajara e Tóquio, percorreu uma distância total de 37.500 km e contou com o apoio da Embaixada da China na Colômbia, Aeronáutica Civil, Migração Colombiana e Ministério das Relações Exteriores. A oportunidade de transportar milhares de colombianos ao redor do mundo para casa permitiu à Avianca se conectar com lugares que não fazem parte de sua operação regular. Os novos destinos para os quais a transportadora voou nos últimos quatro meses foram Zurique, Viena, Bruxelas, Toronto, Atlanta e Houston. Da mesma forma, a companhia retornou a destinos que eram ativos nas décadas de 1950 e 1960, como Paris e Roma. Recentemente, também foi realizado um voo especial de carga sem escalas de Tóquio para Bogotá, tornando-se a operação comercial direta mais longa que a Avianca realizou em sua história. Foto: Alex Sandro V. Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn