Aviação realiza evento sobre experiência sueca em torres remotas de controle de trafego aéreo

Sistema vem sendo estudado pela Secretaria de Aviação Civil desde o ano passado

A Secretaria de Aviação Civil realizou em Brasília/DF, um workshop sobre a experiência sueca em torres remotas de controle aéreo. O objetivo do encontro foi discutir o processo de certificação da nova tecnologia, que consiste em uma estação de telecomunicações aeronáuticas que fornece informações para os pilotos a respeito da meteorologia e condições de vento, pista, temperatura e pressão atmosférica a partir de um centro remoto de controle, além de auxiliar os pilotos nas operações de pouso e decolagem. O equipamento pode, além de reduzir o custo, aumentar a eficiência e elevar a segurança do tráfego aéreo. Desde 2015, a SAC coordena um grupo de trabalho que discute a implementação da tecnologia serviços de navegação aérea remotos Brasil. Após 4 anos de testes para a validação, a Suécia foi o primeiro país do mundo a obter em abril de 2015 a certificação de reguladores suecos, permitindo o início da operação da tecnologia em aeroportos do país. As torres remotas utilizam câmeras de imagens em alta definição, integradas a uma rede de dados em um centro de controle remoto. A torre tem a facilidade de não estar necessariamente localizada no sítio aeroportuário: pode ser instalada para o controle de um único aeroporto, de vários terminais em um único centro de controle, ou ainda para grandes aeroportos com o intuito de auxiliar o trabalho do serviço de tráfego aéreo. Mais informações no portal www.aviacao.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn