American Airlines diminuirá a sua capacidade em até 45%

Embora tenha havido uma recuperação gradual nas viagens aéreas de e para os Estados Unidos, o aumento dos casos do coronavírus e a imposição de mais medidas para prevenir a disseminação do vírus, têm afetado o tráfego aéreo não só da American Airlines, mas a maioria das companhias aéreas naquele país.

American Airlines, anunciou que vai cortar mais da metade de seus voos com relação a 2019 durante este mês de fevereiro. A causa é o aumento dos casos de COVID-19 que continuam a reduzir ainda mais a demanda por viagens aéreas.

“Prevemos que seja algo que continue em janeiro e fevereiro. Temos esperança de que a vacina seja promissora”, explicou Robert Isom presidente do American Airlines Group.

Foto: Divulgação

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn