Viracopos e Polícia Federal realizam exercício simulado de ameaça de bomba na torre

Treinamento ocorre anualmente conforme previsto no Regulamento Brasileiro da Aviação Civil

O Aeroporto de Viracopos e a Polícia Federal, em parceria com a Infraero, realizaram recentemente um Exercício Simulado de Ameaça de Bomba (ESAB), que durou aproximadamente cinco horas e foi realizado pela primeira vez dentro da Torre de Controle do terminal. O local foi abandonado pelos funcionários de acordo com o plano previsto no treinamento. O ESAB ocorre anualmente conforme previsto no Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC) nº 111, que trata sobre o Programa Nacional de Controle de Qualidade em Segurança da Aviação Civil Contra Atos de Interferência Ilícita (PNAVSEC) e no Programa de Segurança Aeroportuária (PSA) de Viracopos. A Torre comunicou o COE (Centro de Operações Emergência) de Viracopos que havia recebido uma denúncia informando a existência de um artefato explosivo localizado embaixo de uma escada no piso térreo do prédio. Em seguida, foi iniciado o trabalho de identificação do suspeito por meio das mais de 800 câmeras de segurança do terminal. O objeto suspeito logo foi encontrado por uma equipe especializada da Polícia Federal e a área evacuada e isolada imediatamente. Foi necessário acionar o grupo especializado em bombas e explosivos da Polícia Federal de Campinas. Eles utilizaram um robô para transportar o suposto artefato explosivo para um local isolado e explodir o objeto. O trabalho foi considerado bem sucedido pelo controle de qualidade AVSEC, autoridades policiais e pelo aeroporto. Durante o exercício, foi acionada também a equipe médica do terminal com uma ambulância, pois no decorrer do treinamento foi simulado que um dos funcionários da Torre passou mal durante o abandono do prédio. Ele precisou ser retirado em uma maca. O ESAB contou também com a colaboração da Polícia Militar, da Polícia Civil e da EMDEC, além dos Bombeiros de Viracopos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn