Governo assina acordo internacional para melhorar segurança do Aeroporto de Congonhas

Será desenvolvido um plano que alie alternativas de ampliação da capacidade, viabilidade econômico-financeira e segurança do terminal

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil assinou em Brasília/DF, um protocolo de cooperação com a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA ), pelo qual o governo norte-americano vai doar US$ 750,9 mil para a elaboração de um Plano de Avaliação e Melhoria de Segurança do Aeroporto de Congonhas. O terminal, localizado em São Paulo, é o segundo mais movimentado do país, tendo transportado mais de 20,7 milhões de passageiros em 2016. Um dos pontos de estudo da parceria é a adequação progressiva de Congonhas às regras internacionais de segurança. O aeroporto, administrado pela Infraero, está localizado na maior cidade da América Latina, São Paulo, uma área de grande adensamento populacional, o que limita as opções de desenvolvimento e adequação às novas regulamentações. Será desenvolvido um plano que alie alternativas de ampliação da capacidade de processamento de passageiros, viabilidade econômico-financeira e segurança. Mais informações no portal www.aviacao.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn