Histórica XII   ESGOTADA

Ano 47 Dez/2009 ESGOTADA


Nesta edição, dando continuidade ao nosso objetivo de manter viva a história da aviação comercial brasileira, apresentamos uma série de matérias sobre os aviões que voaram no País e fizeram época.
No Brasil, a Panair escolheu o DC-8 para suas linhas internacionais, mas após seu fechamento a Varig herdou os aviões e acabou operando-os por cerca de dez anos. Esta matéria mostra a história do DC-8 (versão passageiro) e sua operação no Brasil.
Abordamos em seguida a operação do Boeing 707, que foi o modelo fundamental nas frotas de nada menos que nove empresas aéreas cargueiras brasileiras. Flap Internacional presta um tributo à importância do tipo operado no Brasil entre 1971 e 2008, quando o último e valente 707 foi aposentado.

O Boeing 727-200 ou Super 200, como inicialmente ficou conhecido no Brasil, foi um tipo que marcou época em nossa aviação. Ainda que não tenha operado em grande número, sempre será lembrado por sua velocidade, elegância e carisma.

Por mais de 25 anos, o McDonnell Douglas DC-10 foi um dos mais importantes modelos de aeronave em utilização pelas empresas aéreas brasileiras. Mostramos nesta matéria a sua incrível história.
O MD-11 sucedeu ao DC-10 sem alcançar o sucesso de vendas deste último. Mas no Brasil o MD-11 foi empregado pelas principais empresas que operaram voos intercontinentais.

Segundo e terceiro modelos desenvolvidos na série “Classic” (737-300, -400 e -500), os Boeing 737-400 e 737-500 foram operados com sucesso no Brasil. Suas vitoriosas carreiras em nosso país são celebradas na matéria.
Esperamos que esta edição seja do agrado de todos os leitores aficionados, como nós, pela história da aviação comercial brasileira.