Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Airbus Helicopters motivada pelas vendas do H145 e H160

Airbus Helicopters motivada pelas vendas do H145 e H160

A Airbus Helicopters está confiante de que pode aumentar sua participação no mercado de helicópteros civis em 2020, apesar de uma contração geral do setor de cerca de 40-50%. Bruno Even, executivo-chefe da fabricante com sede na França, diz que embora as vendas de seus helicópteros leves tenham sofrido o maior impacto da crise mundial, os helicópteros H145, light-twin e o novo H160 medium-twin permitiram que a empresa reagisse bem neste momento rurbulento para a indústri como um todo. Embora os clientes estejam atrasando as negociações de novos pedidos devido à pandemia do coronavírus, o fabricante ainda não viu nenhum cancelamento, diz ele. O H145 continua a ser um “best-seller”, diz Even, com seu apelo ainda mais aprimorado graças à chegada da nova variante D3 com seu rotor principal de cinco pás. Os reguladores europeus aprovaram a atualização em junho e o fabricante entregou o primeiro exemplar em setembro. A certificação nos EUA deve seguir nos “próximos meses”, diz Even. A Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) também validou o H160 em julho, mas a primeira entrega ao seu operador de lançamento nos EUA terá que esperar até que a aprovação norte-americana seja garantida no próximo ano. Esse marco normalmente teria sido antecipado cerca de seis meses após a certificação da EASA, mas as restrições às viagens devido à pandemia atrasaram um pouco, diz Even. Os pedidos este ano para o H160 devem estar na faixa de 15-20 unidades, diz ele, dando uma carteira firme de cerca de 40 helicópteros.  

 




Publicidade