Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Tráfego de passageiros na América Latina e Caribe diminuiu 87,6% em julho

Tráfego de passageiros na América Latina e Caribe diminuiu 87,6% em julho

A Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA) anunciou que as companhias aéreas que operam no mercado da região transportaram 4,9 milhões de passageiros em julho, uma redução de 87,6% ou 34.855.638 passageiros a menos, em comparação com o ano anterior. O movimento caiu 88,1% e a capacidade diminuiu 83,3%, levando a taxa de ocupação para 62,6% ou 25,2 pontos percentuais a menos que no mesmo período de 2019. Este número marca um aumento significativo em relação ao ponto mais baixo do ano registrado em abril, quando 1,1 milhão de passageiros foram transportados e deu continuidade ao mês de junho, quando alguns mercados como Equador, Peru e alguns países do Caribe foram reativados, marcando uma ligeira melhora na indústria. Julho também marcou a reabertura de importantes mercados no Caribe como a República Dominicana, onde grande parte dos turistas que visitam a região chegam por via aérea. No acumulado de 2020, a redução no tráfego de viajantes ultrapassa 56%, valor superior às projeções de redução feitas em abril, que ficava perto de 50% em relação a 2019. A melhora nos níveis de tráfego de passageiros continuou em agosto, devido à reativação da indústria no Panamá para voos de conexão, Costa Rica e Honduras.




Publicidade