Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Boeing divulga resultados financeiros do segundo trimestre

Boeing divulga resultados financeiros do segundo trimestre

A fabricante norte-americana Boeing anunciou os números financeiros do segundo trimestre de 2020, onde registrou uma receita de US$ 11,8 bilhões, perda por ação GAAP de US$ 4,20 e perda por ação principal (não-GAAP) de US$ 4,79 e um prejuízo líquido de US$ 2,4 bilhões, refletindo principalmente os impactos do COVID-19 e o aterramento do modelo 737 MAX. A empresa registrou um fluxo de caixa operacional de US$ 5,3 bilhões. No período, a companhia reiniciou as operações nas principais unidades e retomou as etapas iniciais de produção do programa 737 MAX. Seguindo a orientação dos reguladores globais, fez progressos constantes em direção ao retorno seguro do modelo, incluindo a conclusão dos testes de voo de certificação da FAA. Para se alinhar à redução acentuada da demanda do mercado comercial à luz do COVID-19, a empresa está tomando várias ações, incluindo o ajuste adicional de produção de aviões comerciais e a redução dos níveis de emprego. Dessa forma, a Boeing implementará um aumento mais lento na produção do 737 do que o planejado anteriormente, com um aumento gradual para 31 unidades por mês até o início de 2022 e reduzirá a taxa combinada de produção do 777/777X para dois exemplares/mês em 2021, além de diminuir ainda mais a produção de 787 para seis unidades a cada mês no próximo ano. Por outro lado, a Boeing concluirá a produção do icônico 747 em 2022. Mais informações no portal www.boeing.com.




Publicidade