Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

IATA estima agora que as receitas de passageiros na indústria possam cair US$ 252 bilhões

IATA estima agora que as receitas de passageiros na indústria possam cair US$ 252 bilhões

A Associação Internacional de Transporte Aéreo atualizou sua análise do impacto das receitas provenientes da pandemia de COVID-19 no setor de transporte aéreo global. Devido à severidade das restrições de viagens e à recessão global esperada, a IATA agora estima que as receitas de passageiros na indústria possam despencar US$ 252 bilhões ou 44% abaixo dos números de 2019. Este é um cenário em que severas restrições de viagem devem durar até três meses, seguidas de uma recuperação econômica gradual no final deste ano. A análise anterior de perdas de receita de até US$ 113 bilhões foi divulgada no último dia 5 de março, antes dos países ao redor do mundo introduzirem amplas restrições que eliminaram quase totalmente o mercado internacional de viagens aéreas. A análise mais recente prevê que nesse cenário, as barreiras sejam levantadas após três meses. A recuperação da procura por viagens no final deste ano será enfraquecida pelo impacto da recessão global sobre empregos e confiança. A demanda de passageiros no ano inteiro deverá cair 38% em relação a 2019. Mais informações no portal www.iata.org.




Publicidade