Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Tráfego aéreo de passageiros no Chile registra estagnação em janeiro

Tráfego aéreo de passageiros no Chile registra estagnação em janeiro

Com um aumento de 0,1% em janeiro, o tráfego aéreo de passageiros no Chile continua mostrando as consequências da crise político-social que afeta o país desde meados de outubro. Apesar do aumento da capacidade tanto em voos internacionais quanto domésticos e no período de férias, o movimento de passageiros continua apresentando resultados que antecipam um cenário desafiador. Segundo dados do Civil Aviation Board (JAC), as empresas aéreas que operam no Chile transportaram 2.658.055 passageiros em voos nacionais e internacionais. O resultado é determinado por uma queda de 5,7% nos viajantes internacionais e um aumento de 4,1% nos voos domésticos. Na participação de mercado, a LATAM ocupou o primeiro lugar com 57,8%, seguida pela SKY Airline com 25,8% e JetSMART com 15,5%. Devido ao seu papel de nicho, as últimas posições foram ocupadas pela Aerovías DAP e ONE Airlines com 0,8% e 0,1%, respectivamente. Mais informações no portal www.desdescl.com. Foto: Renato Oliveira




Publicidade