Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Airbus e Governo de Quebec se tornam os únicos proprietários do programa A220

Airbus e Governo de Quebec se tornam os únicos proprietários do programa A220

A Airbus, o Governo de Quebec e a Bombardier concordaram com uma nova estrutura de propriedade para o programa A220, pela qual a empresa canadense transferiu suas ações restantes na divisão Airbus Canada para a fabricante europeia e ao Governo de Quebec. A transação entra em vigor imediatamente e o acordo eleva as participações da Airbus Canada para 75% e 25% restantes ficam para Quebec. A parte do governo é resgatável pela Airbus em 2026. Desde que a empresa assumiu a propriedade majoritária do programa de jatos em 1° de julho de 2018, o total de pedidos líquidos acumulados para o modelo aumentou 64%, chegando a 658 unidades no final de janeiro último, com 107 exemplares voando para sete clientes. A fabricante também anunciou um acordo recente com a companhia aérea Green Africa Airways, sediada em Lagos, que assinou um memorando de entendimento para receber 50 jatos A220-300, um dos principais pedidos feitos globalmente para o programa e o maior do continente africano.




Publicidade