Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Jato Embraer E190-E2 recebe certificações de ANAC, FAA e EASA

Jato Embraer E190-E2 recebe certificações de ANAC, FAA e EASA

Em cerimônia realizada nas instalações da fabricante em São José dos Campos/SP, a Embraer recebeu a certificado de tipo para o modelo E190-E2, o primeiro membro da família de E-Jets E2 de aviação comercial, da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), pela Federal Aviation Administration (FAA) e pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency - EASA). É a primeira vez que um programa aeronáutico com o nível de complexidade do E2 recebe um certificado de tipo das três das maiores autoridades internacionais simultaneamente. Apenas 56 meses se passaram entre o lançamento do programa e a certificação do aparelho, que apresenta novos motores com elevada taxa de derivação e asas e trem de pouso completamente novos. Comparado à primeira geração do E190, 75% dos sistemas da aeronave são novos. O programa de testes em voo envolveu quatro protótipos da aeronave, que foram submetidos a rigorosas avaliações. A frota completou mais de 2.000 horas de voo. Aproximadamente 45 mil horas de avaliações foram conduzidas em bancadas com espaço para aviônicos, controles de voo, e sistemas elétrico, hidráulico e ambiental. A companhia aérea Widerøe será a primeira no mundo a receber o novo E190-E2 e iniciará serviços com o jato em abril próximo. A operadora fechou contrato para até 15 jatos da família E2, consistindo em três pedidos firmes e direito de compra de mais 12 aeronaves da família.




Publicidade