Fechar

Industria



Compartilhar:

RSS

Boeing prevê mercado de US$ 730 bilhões para novos aviões no Oriente Médio

Boeing prevê mercado de US$ 730 bilhões para novos aviões no Oriente Médio

A fabricante norte-americana Boeing prevê que as companhias aéreas baseadas no Oriente Médio necessitarão de 3.350 novos aviões nos próximos 20 anos, avaliados em cerca de US$ 730 bilhões, de acordo com o novo estudo de mercado divulgado durante o Dubai Air show. Os aviões widebody devem representar cerca de 50% dos novos pedidos no Oriente Médio ao custo de mais de US$ 520 bilhões. A forte demanda de longo prazo para aviões de corpo largo foi reforçada no evento, já que a transportadora Emirates anunciou o compromisso de comprar 40 Boeing 787-10 Dreamliner. Por outro lado, mais de metade das entregas totais na região serão de aviões de corredor único. Os operadores precisarão de 1.770 aviões do tipo no valor de US$ 190 bilhões, impulsionados pelo crescimento de empresas de baixo custo. A presença e o apoio da Boeing para o Oriente Médio também inclui a mais nova unidade de negócios da empresa que está expandindo suas ofertas de capacidade de serviço para apoiar melhor as companhias da região. A Global Services concentra-se em trazer soluções inovadoras para o mercado rapidamente dentro de quatro áreas de foco de capacidade: cadeia de suprimentos, engenharia, modificações e manutenção, aviação digital e análises, além de treinamento e serviços profissionais. Em todo o mundo, a fabricante prevê demanda de longo prazo para 41.030 novos aviões, com valor aproximado dede US$ 6,1 trilhões. Estes aparelhos substituirão aeronaves mais antigas e menos eficientes, beneficiando as companhias aéreas e os passageiros e estimulando o crescimento nos mercados emergentes e a inovação nos modelos de negócios. Para obter mais informações sobre o estudo acesse o endereço http://www.boeing.com/cmo.


Publicidade