Fechar

Aviação Militar/Geral



Compartilhar:

RSS

EMB-121 Xingu alcança a marca de 30 anos de operações na Força Aérea Francesa

EMB-121 Xingu alcança a marca de 30 anos de operações na Força Aérea Francesa

A divisão de Defesa & Segurança da fabricante brasileira Embraer comemora a marca histórica de 30 anos de operações do EMB-121A Xingu na Força Aérea Francesa (Armée de l’Air) e na Marinha Francesa (Marine Nationale). O Xingu, operado pela École de l’Aviation de Transport (EAT) francesa, a partir da Base Aérea 702 em Avord, França, foi utilizado até o presente momento para treinar mais de 1.900 cadetes franceses, bem como pilotos dos países: Bélgica, Burkina Fasso, Camarões, Gabão, Luxemburgo e Madagascar. O modelo pousou pela primeira vez na Base Aérea 702 no dia 29 de março de 1983 como aeronave de treinamento para substituir o Dassault 312 Flamant. Em 1984, a primeira turma de pilotos recém-qualificados concluiu o treinamento. Desde então, mais de 330 mil horas de voo foram acumuladas pelos 43 aparelhos  da EAT e hoje, um total de 33 aeronaves continuam em operação. Em 2012, a Força Aérea Francesa lançou um programa de modernização para estender a vida operacional dos aviões até 2025, atualizando a aviônica. Isso manterá o Xingu em operação por 42 anos consecutivos, fato raro na indústria aeronáutica. O suporte técnico da aeronave é realizado pela Embraer, por meio de peças sobressalentes e documentação, em conjunto com a Daher-Socata da França, responsável pelo suporte logístico, e a Airbus Defence & Space, fornecedora da manutenção.




Publicidade