Fechar

Aviação Militar/Geral



Compartilhar:

RSS

FAB celebra o Dia da Aviação de Reconhecimento

FAB celebra o Dia da Aviação de Reconhecimento

Levantamento minucioso de dados de inteligência e monitoramento de áreas de interesse. Essas são algumas das atividades realizadas pela Aviação de Reconhecimento da Força Aérea Brasileira, que comemora sua data em 24 de junho. A bordo de aeronaves com sensores e radares de tecnologia de ponta, os Esquadrões Poker, Hórus, Carcará e Guardião, situados estrategicamente em Santa Maria/RS e Anápolis/GO, são os olhos da FAB que do alto, compartilham o desafio de detectar ameaças, assim como proteger e integrar o território nacional. Em 2017, com a reestruturação operacional da FAB, surgiu um novo conceito doutrinário: o IVR – aplicação integrada da Inteligência, Vigilância e Reconhecimento, tanto no período de normalidade, quanto em situações de conflito regular e irregular. As aeronaves E-99 são empregadas, cotidianamente, em missões de Controle e Alarme em Voo. Enquanto as Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) RQ-450 e RQ-900, os R-99, os R-35 A/AM e os RA-1 realizam diversas missões de Reconhecimento Aéreo. As ARP também se destacam nas atividades de vigilância, principalmente em Operações conjuntas. Além disso, os RA-1 são responsáveis pelo Reconhecimento Tático. Atualmente, a aeronave E-99 passa por processo de modernização gerenciado pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC). O procedimento visa à melhoria do radar e implantação de novos sistemas de Comando e Controle. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Sgto. Johnson




Publicidade