Fechar

Aviação Militar/Geral



Compartilhar:

RSS

Mais de 60 mil pessoas acompanham a Esquadrilha da Fumaça no Rio de Janeiro

Mais de 60 mil pessoas acompanham a Esquadrilha da Fumaça no Rio de Janeiro

Com dois dias de evento e cerca de 60.000 pessoas, a Esquadrilha da Fumaça participou da 3ª edição do MUSAL AIRSHOW, no Rio de Janeiro. O local do evento, o Museu Aeroespacial, é o berço da aviação militar no país e é também onde o Esquadrão teve a sua origem, há 67 anos. O evento contou com diversas atrações, entre elas a Esquadrilha CEU, a aeronave de caça AF-1 da Marinha do Brasil que realizou passagens baixas, os saltos dos paraquedistas da Equipe Cometas do Exército e da Equipe Falcões da Força Aérea Brasileira. Há 13 anos, em 29 de outubro de 2006, a Esquadrilha da Fumaça quebrou pela terceira vez, o recorde mundial de número de aeronaves voando, simultaneamente, em formação e no dorso (de cabeça para baixo). O feito com 12 aeronaves foi assistido por cerca de 60.000 pessoas na Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga/SP, e homologado pelo Guinness World Record. Os dois recordes anteriores também pertencem à Esquadrilha da Fumaça, sendo que o primeiro feito ocorreu com dez aeronaves em 1996, e o segundo em 2002, com 11 aeronaves, durante as comemorações de 50 anos do Esquadrão. A data escolhida para o terceiro recorde não foi por acaso: naquela mesma semana, a FAB comemorava o centenário do primeiro voo com o 14-Bis realizado pelo brasileiro Alberto Santos-Dumont, em 1906, em Paris. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER




Publicidade