Fechar

Aviação Militar/Geral



Compartilhar:

RSS

Simulador da Indra treina pilotos militares para voar em condições de falta de oxigênio na cabine

Simulador da Indra treina pilotos militares para voar em condições de falta de oxigênio na cabine

A companhia global de consultoria e tecnologia Indra e a iAltitude, empresa especializada em treinamento esportivo em altura, desenvolveram um novo simulador de voo. O equipamento denominado Hypoxia, utilizado para treinar e melhorar a resistência dos pilotos em cenários extremos, já foi instalado no Centro de Treinamento Médico Aeroespacial da Força Aérea em Madrid. Na prática, o Hypoxia é um simulador do avião C101, o mesmo utilizado por pilotos espanhóis na sua formação inicial e um equipamento da iAltitude, que regula a concentração de oxigênio recebido pelo piloto por meio de sua máscara. O sistema prepara os profissionais para a detecção antecipada dos efeitos da falta de ar, que pode eventualmente levar à perda de consciência, além de melhorar a resistência em combate. Ao mesmo tempo, mede as alterações fisiológicas do piloto, de acordo com os estímulos propostos, monitorando em tempo real a simulaçao de uma missão. O sistema é um dos poucos no mercado que integra os dois tipos de treinamentos, até então realizados separadamente e colabora para o desenvolvimento planos de treinamento mais eficazes e seguros para os pilotos. Treinamentos em hipóxia atualmente são realizados em câmaras hipobáricas ou em sistemas normobáricos, onde é possível executar alguns exercícios para detectar a perda de habilidades, mas sem a simulação das atividades de voo.




Publicidade