Fechar

Aviação Executiva



Compartilhar:

RSS

Um ano ótimo para o Suporte ao Cliente Gulfstream

Um ano ótimo para o Suporte ao Cliente Gulfstream

 

A Gulfstream Aerospace Corp. reconheceu, em comunicado, as muitas realizações da organização de suporte ao cliente em 2020, incluindo expansões de operações em todo o mundo, novas tecnologias para aeronaves da Gulfstream e sucesso contínuo em sustentabilidade.

“Considerando os muitos desafios que o setor enfrentou este ano, estamos orgulhosos do que fomos capazes de realizar no suporte aos nossos clientes”, disse Derek Zimmerman, presidente de Suporte ao Cliente da Gulfstream. “vimos uma demanda contínua por suporte de aeronaves e implementamos instalações modernas e novas tecnologias para tornar a experiência dos operadores ainda melhor, completou o executivo.”

Para elevar ainda mais a experiência do passageiro, a Gulfstream integrou o Gulfstream Cabin Management System ao SatCom direct router, dando às operadoras e à tripulação de cabine a capacidade de determinar a disponibilidade de conexões sem fio e largura de banda para fornecer a melhor conectividade possível. com essa integração, a tripulação tem melhor visibilidade das operações de wi-fi e do uso de largura de banda, permitindo aos passageiros priorizar melhor os dispositivos.

Foto: Gulfstream

 



SAIBA MAIS

Aviação Civil

24/12/2020


American Airlines e Dallas Fort Worth se unem para distribuição da vacina contra o Covid-19 A localização central, a infraestrutura de transporte e a conectividade da região de Dallas, combinada com o Aeroporto Internacional DFW, a rede de carga da American Airlines e a experiência em manuseio de produtos sensíveis a tempo e temperatura, tornam o aeroporto a porta de entrada e centro de distribuição ideal para este enorme esforço logístico. As operações de carga da DFW atendem a 22 grandes centros de distribuição na Ásia, Europa, Oriente Médio e as Américas.  A companhia aérea transporta grandes volumes de equipamentos de proteção individual (EPI), equipamentos médicos, kits de teste e outros produtos farmacêuticos necessários para combater o COVID-19. Além disso, possui instalações com temperatura controlada em 56 cidades nos Estados Unidos e 22 instalações na Europa, América Latina, Ásia e Austrália. Com a força da rede da American Airlines e a presença de outras companhias aéreas de carga e passageiros, a capacidade de carga do Aeroporto Internacional DFW está disponível para distribuição para mais de 200 destinos. Foto: Divulgação  


Industria

24/12/2020


Estados Unidos impõe controles de exportação aeroespacial a China e Rússia   As empresas aeroespaciais dos EUA podem enfrentar complicações com parceiros e clientes chineses e russos depois que o Departamento de Comércio dos EUA publicou uma nova Lista de Usuários Finais Militares (MEU), exigindo licenças de exportação para exportações, reexportações e transferências de equipamentos no país e Tecnologia. A lista inclui 103 entidades estrangeiras, das quais 58 na China e 45 na Rússia. Incluídos na lista estão os principais grupos aeroespaciais, como AVIC e COMAC da China, incluindo a divisão de Aviação Geral da AVIC, bem como a Aero-Engine Company of China, Harbin General Aircraft Industries e Xian Aircraft. Na Rússia, United Aircraft Corporation, Sukhoi Civil Aircraft, Irkut, Kazan Helicopters e Beriev estão todos na nova Lista MEU. Vários observadores da indústria indicaram que o processo de obtenção de licenças de exportação pode se tornar tão oneroso a ponto de tornar impraticável para as empresas americanas fazer negócios com as empresas em questão. Foto Divulgação    



Publicidade