Fechar

Aviação Executiva



Compartilhar:

RSS

Embraer realiza primeira conversão de Legacy 450 para Praetor 500 na Europa

Embraer realiza primeira conversão de Legacy 450 para Praetor 500 na Europa

 

A Embraer realizou a primeira conversão de um jato executivo Legacy 450 em um Praetor 500 na Europa. A conversão foi executada no Centro de Serviço de Jatos Executivos da Embraer no Aeroporto Internacional de Le Bourget, em Paris, França.

“Este tipo de conversão só é possível graças à experiência de especialistas em estruturas e aviônica, mecânicos, equipes de logística e engenheiros de operações da Embraer em todo o mundo”, disse Johann Bordais, Presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte. “Dentro da estratégia da Embraer para o futuro, estamos sempre investindo e expandindo nosso portfólio com o objetivo de oferecer aos nossos clientes os melhores serviços e suporte da indústria.”

 

O processo de conversão de um Legacy 450 (com 2.900 nm de alcance ou 5.370 km) em Praetor 500 (com 3.340 nm de alcance ou 6.185 km com quatro passageiros e reservas NBAA IFR), pode ser realizado nos Centro de Serviços próprios da Embraer: Le Bourget, na França, Bradley, em Windsor Locks, Connecticut, e Fort Lauderdale, na Flórida, ambos nos Estados Unidos, assim como em Sorocaba, no Brasil. No total, a Embraer já realizou a conversão de 11 jatos Legacy 450 em Praetor 500.

 

Para obter a impressionante melhoria no alcance, um sinônimo do Praetor 500, a fiação com sensor de nível nos tanques de combustível foi substituída, as portas de abastecimento por gravidade em cima das asas foram movidas, o sistema de medição de combustível foi realocado e as nervuras das asas foram reforçadas para suportar o peso adicional. Estes ajustes incluíram atualizações nos sistemas de controle de voo, com uma nova carga aviônica para a cabine Collins Aerospace Pro Line Fusion.

 

Foram também instalados os icônicos winglets do Praetor e as placas e os logotipos foram substituídos para converter oficialmente o Legacy 450 em um Praetor 500. Com a atualização para o Praetor 500 vem uma ótima combinação de tecnologia, conforto e desempenho. Em termos de tecnologia, o Praetor 500 apresenta o primeiro E2VS da indústria – um painel frontal que combina visão sintética e aprimorada. Além disso, é o único jato executivo de médio porte com controles completos de voo fly-by-wire e capacidade de redução de turbulência.

 

O Praetor 500 oferece muito conforto – é o único jato executivo de médio porte que possui piso plano com 1,83 m de altura, piso de pedra, galley completa, toalete a vácuo e o melhor espaço para bagagem da categoria. Foto: Divulgação

 

 



SAIBA MAIS

Industria

17/12/2020


Air France KLM Cargo lança primeiro programa SAF voltado à indústria de frete aéreo   A Air France KLM Martinair Cargo lançou o primeiro programa mundial de combustível sustentável de aviação (SAF, em inglês) para a indústria de frete aéreo. Ao investir no Programa SAF da divisão de Cargas do Grupo Air France-KLM, os clientes não apenas contribuirão para o uso pioneiro de SAF na indústria, mas também ampliarão o mercado de SAF, contribuindo para um futuro mais limpo para a aviação.  "Nosso compromisso com a redução das emissões de CO₂ é um dos pilares de nossa estratégia de transporte de cargas. O lançamento de um programa SAF de frete aéreo é um passo importante em nosso roteiro ambicioso de sustentabilidade para os próximos anos." disse Adriaan den Heijer, Vice-Presidente Executivo da Air France-KLM Cargo e Diretor Executivo da Martinair.  Investir em SAF é uma etapa necessária nesse processo e um dos instrumentos principais para a redução das emissões de CO₂. O SAF, no entanto, ainda não está amplamente disponível. É por isso que este programa foi criado para despachantes e transportadores, para estimular e ampliar o mercado de SAF. O investimento adquirido ajudará a desenvolver ainda mais este mercado e também a colocar o combustível sustentável de aviação no topo da agenda de todas as partes interessadas.   O Programa SAF da divisão de Cargas do Grupo Air France-KLM permite que transportadores e despachantes operem voos com uma porcentagem de SAF. Os clientes determinam seu próprio nível de engajamento e as companhias garantem que todo o investimento seja usado para obter combustível sustentável de aviação. Ao aderir ao programa, os clientes não só participam da redução de emissões de CO₂, mas também confirmam seu compromisso em liderar a indústria em direção a um futuro mais sustentável. Foto: afklcargo.com    


Aeroportos

17/12/2020


Operação especial de fim de ano em Viracopos   O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), preparou uma operação especial de Natal e Fim de Ano para receber 528 mil passageiros no período entre os dias 18/12 (sexta-feira) e 04/01 (segunda-feira). No período estão previstos 3.842 pousos e decolagens. O aeroporto vai ampliar os processos de desinfecção especial de todo o terminal, além de continuar com a medição de temperatura de todos os passageiros antes do embarque. Funcionários com o colete “Posso Ajudar?” vão orientar passageiros no saguão sobre os cuidados para evitar aglomeração e manter o uso de máscara durante todo o tempo.   Os dias de maior movimento de passageiros no período devem ser registrados em 18/12 (sexta-feira), com 35.100 passageiros, e 04/01, com 35.200 passageiros embarcando ou desembarcando de voos internacionais e nacionais. Durante a pandemia, o movimento ficou em torno de 20 mil por dia.   Os dias de maior movimento de aeronaves deverão ser: 04/01 (segunda-feira), com 268 pousos e decolagens; 18/12 (sexta-feira), com 263 pousos e decolagens e 23/12 (quarta-feira), com 260 pousos e decolagens.     Considerando apenas a semana de Natal (de 18/12 a 26/12) serão 267.042 passageiros e 1.942 pousos e decolagens. Já na semana seguinte, de 27/12 a 04/01 serão 260.042 passageiros e 1.900 pousos e decolagens.   O número total de passageiros e de movimentos, somadas as duas semanas, está próximo ao registrado no período de Natal e Ano Novo passado, com 520.300 passageiros e 3.958 pousos e decolagens. No entanto, o registro realizado do ano passado foi feito entre os dias 19/12 e 03/01, com dois dias a menos por conta dos finais de semana que antecederam às datas de saída e de chegada dos feriados. Foto: Divulgação    



Publicidade