Fechar

Aviação Executiva



Compartilhar:

RSS

Textron comemora 50 anos do primeiro voo do modelo Cessna Citation

Textron comemora 50 anos do primeiro voo do modelo Cessna Citation

A fabricante Textron Aviation está celebrando neste mês 50 anos do voo inaugural do modelo Cessna Citation 500. Hoje, a família de jatos conta com mais de 7.500 exemplares entregues em todo o mundo, acumulando mais de 35 milhões de horas de voo. Essas aeronaves são conhecidas por sua capacidade de combinar confiabilidade, eficiência e conforto com tecnologia avançada. Lançado em outubro de 1968, o jato executivo combinou a experiência da empresa na construção de modelos da aviação monomotor e bimotor com sua proficiência na produção de jatos militares. O protótipo fez a primeira decolagem em 15 de setembro de 1969 a partir da instalação da empresa em Wichita. A Família Citation evoluiu rapidamente com aeronaves maiores, tecnologia mais progressiva e maior conforto e produtividade da cabine. Esse espírito de inovação continua hoje com processos de design e produção mais avançados. A atual família de jatos executivos Citation consiste em sete modelos com capacidade de 7 a 12 passageiros, que inclui as versões menores Citation M2, Citation CJ3+ e Citation CJ4. A Cessna continua liderando esse segmento, com mais de 5.000 jatos leves entregues em todo o mundo. A família de médio porte inclui o Citation XLS+, o Citation Sovereign+ e o Citation Latitude, que é o modelo mais entregue do setor na categoria por três anos consecutivos. Todos oferecem alcance transcontinental, tecnologia aprimorada na cabine e no cockpit e desempenho superior. A mais nova versão é o Citation Longitude, projetado para elevar as expectativas dos passageiros na classe de médio porte, oferecendo a cabine mais silenciosa, novos recursos padrão e um interior confortável e personalizado. Com capacidade para até 12 passageiros, incluindo um assento opcional para tripulação, o Longitude possui uma cabine de piso plano de 6 pés de altura com comodidades que maximizam a produtividade em voo.




Publicidade